Ir para o conteúdo principal
Artigos

Compras on-line exigem cuidados das empresas e dos consumidores

Janeiro 2, 2023

Além de fraudes, ciberataques também são comuns, mas há forma de evitá-los.
N/A
N/A

As compras on-line têm crescido constantemente e movimentado bastante o comércio eletrônico de diferentes categorias de produtos. Além de trazer facilidade, rapidez e o conforto de comprar sem sair de casa, muitas empresas fazem promoções exclusivas para compras feitas por esses canais. No entanto, empresas e consumidores precisam ficar atentos para não caírem em golpes ou ciberataques, que, infelizmente, também estão aumentando consideravelmente.

Entre os crimes mais comuns no mundo virtual estão o sequestro de dados (ramsonware), sites e apps falsos (phishing), vazamento de dados, roubo de dados de cartão de crédito e paralisação de transações comerciais.

“Os consumidores estão vulneráveis a golpes em que são roubados dados ou valores em dinheiro, como vazamentos de informações de cartões de crédito, sites falsos ou movimentações indevidas. Já empresas são, normalmente, alvos de ciberataques, que podem trazer implicações legais”, explica a líder de Linhas Financeiras da WTW, Ana Albuquerque. “Mas, com algumas dicas simples, é possível evitar isso”, comenta.

Segundo a especialista, as empresas precisam estar atentas na condução de seus negócios, especialmente com relação à legislação. “Qualquer vazamento de dados de seu consumidor, a empresa ficará sujeita a responder civilmente pelos danos causados. Outro ponto importante a ser observado é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que está há mais de um ano em vigor, e prevê a imposição de processos regulatórios e até mesmo sanções administrativas e penalidades em caso de descumprimento de suas normas” afirma.

A especialista elenca, abaixo, algumas dicas de ações que são fundamentais para reforçar a proteção das empresas e dos consumidores que fazem transações de compra e venda pelo comércio eletrônico.

Para consumidores

  1. 01

    Uso de cartões virtuais

    Crie cartões virtuais, exclusivamente para uma compra ou mais, e depois apague-o. Assim, evita-se que seus dados bancários caiam na mão de criminosos.

  2. 02

    Cuidado com links desconhecidos

    Cuidado com links enviados para celulares e e-mails, pois eles podem te direcionar para sites falsos, que tem como objetivos roubar dados. Sempre, antes de comprar, verifique a procedência do site.

  3. 03

    Atenção ao Pix

    Na modalidade de sites falsos, os consumidores precisam de cuidado redobrado, uma vez que com o advento do Pix fica impossível bloquear transações. Sites falsos trazem preços muito bons, que ficam ainda melhores quando pagos com Pix. Ao contrário de cartões de crédito, não é possível “voltar atrás” com esse tipo de pagamento.

Para empresas

  1. 01

    Elimine as vulnerabilidades do seu site

    É importante contar com um profissional especializado para fazer uma checagem completa de segurança. Esse passo é importante mesmo se você administra seu negócio sozinho ou possui uma equipe pequena. Um simples ato de prevenção pode evitar prejuízos financeiros de grandes proporções.

  2. 02

    Atenção aos parceiros

    A segurança para o sistema interno da empresa é essencial, mas é preciso olhar também para quem está fora. A vulnerabilidade pode estar presente em um fornecedor terceirizado que por uma falha pode permitir a invasão do sistema operacional de grandes companhias. Além disso, um funcionário temporário pode não ter conhecimento dos procedimentos adequados e por isso também deve ser alvo de atenção.

  3. 03

    Tenha uma ação planejada

    É preciso ter em mente quais são os funcionários responsáveis pela gestão desse tipo de risco e para quem essas situações devem ser reportadas. As equipes devem saber como agir quando alguma ameaça for detectada, como minimizar os riscos e quais ações devem ser implementadas para diminuir o impacto. Tenha o contato de um advogado que conheça as leis relacionadas aos crimes cibernéticos e um corretor de seguros para acionar apólices para cada tipo de ocasião.

  4. 04

    Conheça sua apólice de seguro

    É importante que as empresas realizem investimentos como o seguro de riscos cibernéticos, que traz uma maior segurança na condição dos negócios e certamente auxilia em caso de eventuais perdas por vazamento de dados ou interrupção de negócios causados por ciberataque. Quem já tem esse tipo de proteção precisa saber quais as coberturas a serem aplicadas e verificar se o limite da sua apólice está adequado para sua empresa.

“O custo de um ataque cibernético pode significar perdas irreparáveis e levar a uma situação financeira de insolvência. Portanto, redobre as atenções para seu negócio independentemente do tamanho da empresa e conte sempre com profissionais especializados para garantir a proteção da melhor forma possível”, afirma Ana Albuquerque.

Related content tags, list of links Artigos
Contact Us